existir

A EXISTIR surgiu em 2001, por iniciativa de um grupo de pais de crianças com Síndrome de Down, com o propósito de constituir uma entidade privada, sem fins lucrativos, que apoiasse crianças portadoras de necessidades especiais, em especial a Síndrome de Down. Fundamos a Entidade em fins de 2004, com o seu registro em 25.01.2005, tendo por objetivo um projeto diferenciado, ou seja, trabalho em grupos de crianças com Síndrome de Down a partir dos 2 anos de idade.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

França atua contra Síndrome de Down

Escrito por Erica Soares

domingo, 21 de noviembre de 2010

21 de noviembre de 2010, 11:01Paris, 21 nov (Prensa Latina) França celebra hoje a Oitava Jornada Nacional da Trissomia do par 21, uma ocasião para sensibilizar a população sobre o tema da Síndrome de Down.

Esse transtorno genético afeta uma a cada 800 crianças francesas e constitui a primeira causa de deficiência mental no país.

Neste ano, a federação Trissomia 21 France centrou sua campanha na inserção social com a mensagem "É minha vida, eu a escolhi", um aviso que será transmitido pelos próprios afetados através de encontros culturais, esportivos e reuniões.

Também efetuarão entregas de cafés da manhã em domicílios acompanhados de pais, amigos, profissionais e benfeitores.

A intenção desta associação é modificar a percepção existente sobre as pessoas que padecem desta síndrome, mostrar suas potencialidades e sua vontade de ser reconhecidas como indivíduos ativos na sociedade.

A Síndrome de Down é uma anomalia de origem genética que se traduz pela presença de um cromossoma extra no par 21.

Pode apresentar-se em qualquer etnia ou grupo social, os riscos são maiores para as gestações ocorridas após os 37 anos e é mais frequente no sexo masculino.

A Síndrome de Down implica também problemas físicos, notavelmente malformações cardíacas em 40 por cento dos casos. Também há uma incidência grande de doenças otorrinolaringológicas e pulmonares.

A reeducação permite-lhes melhorar seus problemas motores e de linguagem

Nenhum comentário:

Postar um comentário